Fadas e Abobrinhas

Paganismo, Bruxaria, Pensamentos, Percepções e Abobrinhas ao alcance de todos.

Lavar do pescoço para baixo, sim e não.


Lave apenas do pescoço para baixo. Quem já não leu ou ouviu isso? Mas por que mesmo?

A explicação mais recorrente é devido aos chakras Coronário e Frontal – ligados a espiritualidade. Diz-se que lavar a cabeça interfere na ligação espiritual da pessoa ou prejudica a energia e equilíbrio destes chakras ou ainda, que descarrega toda a energia do individuo. Tal aprendizado vem desde nossas vózinhas, mas me questiono um tanto sobre onde começa e onde termina isso.

Primeiramente, sou adepta da ideia de que muitos banhos podem sim ser usados na cabeça, como o louro. E eu não vou ser a única que dirá isso, no caso falamos de “essa erva é disso” e “aquela é daquilo”. Questão de conhecimento e discernimento.

Mas acredito sim que banhos com ervas de limpeza podem ser usados na cabeça, tais como alecrim e arruda; mesmo porque, ervas de limpeza costumam ser consequentemente também de proteção e não é só “do pescoço para baixo” que precisa de proteção.

Em nossa cabeça ficam nossos pensamentos e razão, que podem sim sofrer por energias externas. Claro que também depende da vigília da pessoa, mas se você busca um banho de limpeza, quer dizer que já foi afetado, tomou conhecimento disso e procurou se limpar e precaver, mas você já estava “contamidado”. Quem nunca teve uma conversa com alguém que tentou te jogar para baixo? Isso também é energia negativa, se você não ouviu ótimo, mas e quando se está “aberto” e acaba-se ouvindo a pessoa? Depois você percebe e procura consertar, mas sua cabeça não sofreu dano?

Temos também a questão peculiar de atrair mal olhado. Não por mal, mas por vezes inocência. Por vezes temos muita alegria, sucesso e realizações... Tentamos dividir com quem nos cerca, mas não diferimos as pessoas tão pouco, pensamos que alguém querido ficará com invejinha, pensando em você uma considerável parte do tempo e consequentemente amarrando sua vida. Então, se por vezes se atrai mau-olhado por termos “pensamentos  puros” em relação a algo e a alguém, tais pensamentos também devem ser eliminados e transformados. A propósito, muitos “mau zóio” são transmitidos enquanto se olha para “o alvo”. Ou seja, direto na cabeça.

Muitas sensitivas podem lhe falar isso: Que sentem uma dor de cabeça quando há presença de energia negativa, por vezes, falam mais das têmporas, coroa ou testa – aha! -, que são áreas mais sensíveis da cabeça. Tais dores às vezes vêm em forma de pontada, outras um estranho pesar.

Ataques psíquicos ou vampíricos também costumam ter seu foco na cabeça do indivíduo. Veja bem, a cabeça é o primeiro passo para conquistar o resto. Conquistar seu corpo, dinheiro, fama é só um passo.
Então recomendo sim lavar a cabeça nos banhos de ervas, mas tendo em mente que não adianta só isso! Orai e vigiai... Se você está sofrendo com energias negativas, deve prestar mais atenção no que anda fazendo, transformar seus pensamentos, ficar alerta e se precaver.

Boas ervas para isso, em minha opinião, são: o alecrim, a alfazema, a violeta e outras flores roxas – que costumam ser associadas a transformação... Mas ervas de limpeza (e proteção!), transformação e energização.

Veja bem, em nenhum momento citei banhos de/com sal! Sal descarrega mesmo! E é perigoso. Na verdade o sal foi feito para se usar sozinho, e limpa tudo que se tem (inclusive o que é bom)!

5 comentários:

Olá, vim voando por aqui :-) Conheci seu blog que gostei muito. Só pra complementar. Esse lance de banho do pescoço para baixo, me lembrou os banhos antigos, lá dos anos 70 (sim eu estava lá)quando tomávamos banhos a pedido de algum guia da umbanda.
Como bruxa, eu mesma cheguei a conclusão que se sal grosso fizesse mal à cabeça como estaríamos nos banhos de mar? O mar constitui 80 ou 90% (esqueci agora) de sal. Porisso nunca esquentei minha cabeça com isso.

Elaine

 

Oi Elaine, obrigada pela visita!
Pois e, fora o banho do mar, tem os shampoos - que na verdade ja foi comprovado estragar o cabelo.

Mas ja experimentei tomar banho de sal da cabeça aos pés e tive uma queda energetica grande. Tomei um banho energetico por cima e equilibrou, por isso recomendo cautela a respeito disso.

Ótimo te ver aqui! Beijos!

 

o banho mais delicioso que ja tomei foi de boldo, e eu nao ligo muito pra isso de pescoço pra baixo, to de acordo com vc

 

Oi Siusi!

Banho de boldo não conhecia! Vou experimentar (=

Grata pela visita!
Beijinhos

 

Oi Shophia o/

Mór engraçada a vida né? Quem encontrou seu blog foi meu namorado e ele veio me mostrar e \o/ não é que era vc mesmo? xD é realmente uma Teia essa vida...

Achei muito interessante seu post...à um tempo atrás tive a mesma reflexão...e cheguei à mesma conclusão que vc: que banhos COM sal grosso descarregam todas as energias.
O que eu faço em épocas problemáticas ou tensas é preparar 2 banhos. Um com sal grosso e água (não muito...só o suficiente pra fazer um montinho no centro da palma da minha mão)...e outro com um "chá" que faço das ervas relacionadas ao que quero deixar na aura depois de descarregar tudo.
Mas dependendo das vezes eu não jogo tuuuuuudo na cabeça....só esparjo um pouco.